Aparelho Contenao

APARELHO DE CONTENÇÃO

APARELHO DE CONTENÇÃO Quando o tratamento ortodôntico chega ao fim, os dentistas recomendam o uso do aparelho de contenção, que é removível e permite que o dente chegue a sua estabilidade.

Principais vantagens: promove a estabilidade dos dentes após o tratamento ortodôntico, evitando que os dentes voltem a se movimentar; são removíveis e; de fácil higienização.

Um tratamento ortodôntico ativo termina com a retirada do aparelho, mas, em todos os casos, é necessário, em seguida, usar o aparelho de contenção. Trata-se de uma etapa importante que minimizar a perda dos resultados alcançados.

Neste post, explicaremos qual é a função desse aparelho e por quanto tempo ele deve ser usado. Ainda apresentaremos para você os tipos diferentes de contenção. Continue lendo para saber mais!

Para que é indicado o aparelho de contenção?

A correção da posição dos dentes é apenas uma etapa do tratamento ortodôntico. Assim que eles são alinhados inicia-se a fase da contenção.

Agora é o momento de usar o aparelho de contenção, cuja função é manter, dentro de limites biológicos e falhas de disciplina do paciente, os dentes mais próximos da posição em que o os dentes foram posicionados na fase ativa do aparelho ortodôntico, isto é, para que minimizar as recidivas. Esse é um problema que pode ocorrer em função da pré disposição genética, oclusal e funcional que é dinâmica na boca de cada um. .

Quando não encontram a barreira promovida pelo aparelho ortodôntico, a tendência natural é que os dentes movimentem venham a entortar não só para a posição inicial quanto podem ficar ainda mais tortos em pouco tempo. O aparelho de contenção dificulta, mas, não é garantia que vá impedir 100% da perda dos resultados obtidos.

Por quanto tempo ele deve ser usado?

Não há um tempo igual de uso do aparelho de contenção para todos os pacientes. Porque da mesma forma como o tratamento ortodôntico varia, a fase da contenção também é diferente para cada um.

Algumas pessoas não precisam usar esse dispositivo, outras podem precisar dele por alguns meses. Para algumas, o tempo é maior (alguns anos), e há quem precise da contenção para o resto da vida.

Apenas o dentista pode dizer ao certo o tempo de duração dessa etapa, com base no estudo de cada caso, na necessidade do indivíduo e na tendência natural dos dentes e tecidos bucais.

Quais os tipos de contenção?

Em função das características de cada paciente é indicado um tipo diferente de aparelho de contenção. Existem os móveis e os fixos, que podem ser instalados na arcada superior ou inferior. Saiba mais:

Contenção móvel

Nela, são utilizados dispositivos que podem ser retirados da boca para que a pessoa se alimente e higienize os dentes. O dispositivo que existe há décadas é a contenção de Hawley, que se assemelha a um aparelho móvel. Confeccionada em metal e acrílico, tem um fio passa na frente dos dentes da arcada superior e tem acrílico ocupando o céu da boca.

Uma alternativa mais interessante é a contenção termoplástica, com destaque para o Vivera Retainers, da Align Technology. Esse aparelho é semelhante ao alinhador invisalign.

Para sua confecção é realizado o escaneamento intraoral com o Itero Scan, que permite o desenvolvimento de um aparelho personalizado, confortável e totalmente discreto. Ele é transparente, então, o paciente pode fazer a contenção dos dentes sem prejudicar a sua aparência.

Contenção fixa

O aparelho de contenção fixa é confeccionado com fio de aço que é colado na face interna dos dentes inferiores ou superiores. Ele é mais indicado quando o paciente prefere algo colado nos dentes ao invés do móvel.

Também há variações do seu tipo: 3×3, 2×2 e 1×1. O que varia entre elas é a quantidade de dentes que recebem o aparelho. Por exemplo, na contenção 3×3 da arcada inferior, tendo como referência o centro da arcada, três dentes da esquerda e três da direita recebem o dispositivo. Há também contenções fixas que dificultam a passagem do fio dental e outras que permitem mas, acumulam muita placa e tártaro. Em todos os casos, a visita ao dentista para fazer a raspagem e monitoramento deve ser periódica entre 3 a 6 meses por toda a vida.

Nesse caso, também há um ganho estético, já que o aparelho fica escondido atrás dos dentes. Porém, como ele não pode ser removido, oferece uma desvantagem para a higienização, que deve ser muito bem realizada para se evitar complicações e doenças bucais.

O aparelho de contenção é fundamental para tentar manter ao máximo possível os resultados conquistados com o tratamento ortodôntico. Como existem opções que não interferem na aparência, é possível cumprir essa etapa com discrição. É mais um motivo para não deixar de cumpri-la, a fim de manter o sorriso harmônico e sempre belo.

× Converse conosco

Deprecated: Directive 'track_errors' is deprecated in Unknown on line 0